Seja bem-vindo!

Oie! Tudo bem?
Eu sou a Vivi. Filha do seu Claudio e da dona Lucy, irmã caçula do Fabio e do Cesar. Me tornei mãe do Caio aos 21 anos, me casei com o Fabricio aos 26 e então aos 28 me tornei mãe também do Davi. Bem resumidinho, essa sou eu.
No meio disso tudo, eu realizei umas coisas legais na vida profissional:
• Formada como Facilitadora em Constelação Sistêmica pelo Instituto Mario Koziner.
• Graduada em Fisioterapia (turma 2000 - Unimep).
• Pós graduada em Psicanálise pelo Instituto Líbano • Atuo com Microfisioterapia desde 2016 (Formação Básica, Avançados em Microfisioterapia e Microkinesitherapie Evolutive - MKE). Fui monitora nos cursos de formação básica e avançados em Microfisioterapia no Brasil.
• Formada nos Cursos “As 5 Leis Biológicas do Dr. Hamer" - NMG (Intensivo Básico, Avançado, Aprofundamento e Aplicação Clínica Profissional) - 5LB Brasil
• Especialização em Reabilitação Aplicada à Neurologia Infantil - UNICAMP.
• Curso Neuroevolutivo - Conceito Bobath - Centro de Estudos em Neuro-reabilitação (CERN-RJ)
• Curso de Osteopatia - Colégio Brasileiro de Osteopatia (CBO).

Constelação Sistêmica

O que é a Constelação Sistêmica

    Mais do que uma prática de dinâmicas, a constelação é uma uma nova proposta de visão de mundo. E ao abrirmos o campo, nós temos a possibilidade de visualizar as dinâmicas ocultas que possam estar presentes naquele sistema que podem estar repercutindo de várias maneiras; e assim possibilitando quem sabe, um caminho de solução para elas.
    Família é a matriz básica que configura nosso roteiro de visão de mundo. Esse roteiro tem padrões que são positivos e outros nem tanto (nossas possibilidades e limitações). Mas é possível “reconfigurar”.
    Informações do inconsciente familiar ficam inscritas no campo morfogenético daquele sistema, e são passadas por gerações. Um emaranhamento (uma desordem) naquele sistema vai repercutir daquele ponto pra frente nas gerações; e assim pode gerar os mais variados tipos de sofrimentos.

Como pode ajudar

    Emaranhamentos no sistema familiar podem gerar sofrimentos. Dificuldade de relacionamentos, dificuldades no trabalho ou carreira, angústia, depressão, vícios…
    Situações de gerações pra trás podem estar repercutindo em sua vida hoje, mesmo que você não tenha consciência disso. As constelações são um caminho para identificar os emaranhamentos e de reconfigurar o nosso roteiro de visão de mundo. Não apenas o nosso, mas de todo o sistema familiar.

Quem pode fazer

    Qualquer adulto mentalmente capaz, que esteja disposto a olhar para sua dinâmica pode fazer a constelação.
    Crianças não podem constelar, mas podemos trabalhar com os pais alguma questão sintam necessidade em relação à criança. O consultante deve estar implicado com o tema; não sendo possível constelar por outras pessoas. (Exemplo: “quero constelar o alcoolismo do meu pai para que ele pare de beber” - Não é possível abrir essa constelação… “quero constelar a dor que sinto em relação ao meu pai por conta do seu alcoolismo “- aí sim podemos olhar para a dor do consultante).

Como é o atendimento

    Eu atendo tanto presencialmente como online também, e as duas formas têm a mesma eficácia.
    Para cada constelação é escolhido um único tema, para ser visto em um único atendimento. O tempo da constelação varia bastante, mas um média de duração é entre 1h e 1h30.

Microfisioterapia

O que é a Microfisioterapia

    De forma bem simplificada, é uma técnica de terapia manual que visa identificar as origens de desordens no organismo, e então promover a autorregulação do mesmo.
    Muitas são as causas possíveis dos variados sintomas. Toxinas, medicamentos em excesso, traumas físicos, poluição eletromagnética, estresse, desordens psicossomáticas e somatoemocionais, etc.
    Todas as agressões que o organismo não foi capaz de eliminar, ficam inscritas no corpo (memória celular ou tecidual) e assim desencadeiam os mais variados sintomas (dores físicas, falta de ar, mal funcionamento dos órgãos, taquicardia, alterações do sono, depressão, ansiedade, etc.)

Quem pode fazer

    Não há contraindicação absoluta para realizar o tratamento com a Microfisioterapia.
    Gestantes, crianças, bebês, idosos, pessoas que fazem tratamento com medicamentos podem ser beneficiadas.
    Como a técnica promove a autorregulação, após a sessão o corpo inicia um processo de melhora. Porém, cabe ao profissional analisar em cada caso o melhor momento para realizar a técnica, levando em consideração o quadro, intervenções pregressas e atuais, condições, etc.

Como é a sessão

    Primeiramente é feita uma anamnese (uma conversa com o paciente). Nesse momento é muito importante ouvir, entender como aquela pessoa se sente, o que de fato está incomodando. O histórico do paciente também é muito importante, cirurgias, medicamentos, etc.

    Para a aplicação da técnica propriamente dita, levamos de 30 a 45 minutos no máximo, mas cada profissional pode conduzir a sessão como um todo (anamnese, orientações, etc) como for mais adequado. Eu agendo os pacientes a cada 1h30, pois me sinto mais confortável assim. Dá tempo de bater um papo e até mesmo tomar um cafezinho, rs. Alguns terminam em 45 minutos, outros ocupam o horário inteiro. Cada indivíduo tem uma necessidade diferente.

    E a Frequência de sessões?
    O intervalo entre uma sessão e outra deve ter o mínimo de 30 dias (podendo variar de 30 até 90 dias por exemplo em alguns casos). Esse período se faz necessário para que o organismo possa se regular, e por isso não é indicado outra sessão antes desse prazo (salvo raras exceções).
    A quantidade de sessões varia de acordo com a necessidade do paciente, mas *normalmente* não ultrapassamos o número de 3, sempre respeitando o prazo entre elas. Depois desse período o paciente pode retornar quando achar necessário ou também existem aqueles que preferem manter uma periodicidade ( a cada 4 ou 6 meses ou até mesmo anualmente).

Quando procurar

    Muitos são os benefícios que a Microfisioterapia proporciona. De certa forma, toda e qualquer manifestação de desarmonia orgânica pode ser a indicação para a técnica.

    Alterações na qualidade de sono, sintomas provocados pela ansiedade, alterações hormonais, disfunções intestinais, crises alérgicas (respiratórias, alimentares, de pele, etc), indisposição em geral, cansaço, oscilações de humor, sensação de medo ou tristeza crônica, dores em geral, são exemplo de queixas que costumamos ouvir em consultório.

    Muitas vezes não sabemos de onde vem o nosso mal estar. A Microfisioterapia atua na causa dessas disfunções, seja venda de alguma situação do passado ou de alguma situação presente, atual, do indivíduo.

Nosso Espaço

Contato

Endereço

R. São João, 1845 - Bairro Alto, Piracicaba - SP